Epcot seria o próximo a receber uma grande e massiva reforma?

Muitos anos se passaram desde que o último parque de Walt Disney World, Disney’s Animal Kingdom foi aberto em 1998. Depois disso, vieram diversos parques Disney ao redor do mundo como o Disney’s California Adventure em Anaheim, Tokyo Disney Sea, Hong Kong DisneylandWalt Disney Studios Park em Paris e a recém inaugurada Disneyland Shangai.

Depois que a fórmula de Orlando se mostrou um sucesso, a Disney claramente optou por investir na construção de parques em outros solos para atingir cada vez mais mercados.

Após a crise de 2008/2009, a Disney precisava trazer os americanos de volta aos parques e com isso uma série de reformas foram anunciadas para os mesmos. De repente a ideia não era mais construir novos parques, e sim melhorar e tornar cada vez mais atrativos os já existentes.

Em 2009 foi anunciado que o Magic Kingdom receberia a maior reforma de sua história com a construção da New Fantasyland onde personagens extremamente populares como A Pequena Sereia, A Bela e a Fera, Dumbo e Branca de Neve teriam suas próprias áreas ou atrações. Em seguida, grandes reformas para Downtown Disney foram anunciadas. 2 anos depois foi a vez do Animal Kingdom receber o anúncio de um upgrade com entretenimento noturno e a nova área PANDORA: World of Avatar.

Outro parque-problema é o Hollywood Studios. Chamem de crise de identidade ou falta de apego do público, o park mudou de nome 2 vezes em pouco mais de 19 anos e mudará novamente em breve. Em 2015 na D23 (Evento bianual da Disney) foi anunciada a tão esperada Star Wars Land para esse parque e como bônus uma nova e inédita Toy Story Land.

Na Califórnia, Disneyland começou a esperada comemoração dos 60 anos de aniversário em 2015 e inesperadamente também anunciou que receberia uma Star Wars Land idêntica ao Hollywood Studios no futuro.

No outro lado do mundo na Tokyo Disneyland, uma massiva reforma foi anunciada para adicionar áreas de A Bela e a Fera, Big Hero 6 e Frozen para tornar o parque ainda mais visitado e lucrativo.

Um parque que passou despercebido em toda essa história foi o Epcot. O segundo parque inaugurado em Walt Disney World tem sofrido diversos fechamentos nos últimos anos que passaram bem de baixo do nariz dos fãs. Basta ver o pouco que sobrou da área Future World: Soarin’ Around the World, Test Track, Mission SPACE, alguns encontros com personagens, atrações não populares como Ellen’s Energy e poucas exibições como Innovetions.

 

Atualmente Future World é a área mais desperdiçada de toda Walt Disney World.

 

Em um grande espaço que um dia sediou diversos pavilhões e exposições que fizeram o nome do parque, hoje nos deparamos com prédios vazios, atrações desatualizadas (Exceto Soarin’ e Test Track), diversos anúncios de fechamentos e muito mas muito espaço desperdiçado.

A questão é que o Epcot é um parque que serve de exposição para as tecnologias utilizadas no mundo. Tecnologias essas, que estão atingindo outro patamar e deixado a parte cientifica e de aprendizado do parque desatualizado e desinteressante.

O Epcot precisa receber uma massiva reforma em Future World para atender a demanda de público que o resort está cada vez mais recebendo, ainda mais depois que as obras de Hollywood Studios e Animal Kingdom ficarem prontas.

Em 2014 foi anunciado que uma nova atração Frozen estaria chegando em World Showcase substituindo a Maelstrom no pavilhão da Noruega. Essa mudança não agradou nem um pouco os fãs do parque, já que seria a primeira vez que uma animação tomaria lugar de uma atração clássica e fora que vai totalmente contra a ideia do World Showcase que é mostrar as diferentes culturas ao redor do mundo.

Logo, pode-se afirmar que a inclusão de animação bilionária Frozen no Epcot + reformulação completa do Soarin’ são medidas para que o parque não fique tão apagado junto a chegada de Star Wars em Hollywood Studios e Avatar em Animal Kingdom enquanto a Disney prepara um possível super upgrade no parque para os próximos anos.

Posso afirmar sem medo de estar errado que uma repaginação completa de Future World está nos planos da Disney no futuro. Na próxima D23 que será em 2017, pode ser que ocorra o tão esperado anúncio.

Se o mesmo vier a acontecer ano que vem e as obras começarem em 2018, é possível que até 2022 esteja tudo pronto, ano em que reformas de todos os outros parques do complexo provavelmente já estarão terminadas.

 

E o que esperar do novo Epcot?

 

Uma nova super atração

Um dos grandes rumores que vêm se espalhando pela internet é de que a atração TRON Lightcycle PowerRun da recém-inaugurada Disneyland Shangai venha para o parque.

É uma atração completamente tecnológica e que combina em todos os aspectos com o tema do parque mais a necessidade de atualizar a “exposição tecnológica” que o Epcot deve oferecer.

Outra prova de que essa atração é mais que bem vinda no Epcot, é a semelhança com o conceito da atração Test Track que até se passaria muito bem por uma atração do filme TRON – O legado.

Além do mais, o Epcot que é de longe o parque mais adulto de Walt Disney World, carece de uma atração destinada aos mesmos há muito tempo. Logo, trazer uma super montanha russa como essa seria como dar o sopro de vida ao Future World.

Não seria demais?

 

Fechar atrações sem sentido e desatualizadas do parque

Embora coisas novas tenham de vir, algumas DEVEM sair do parque o quanto antes.

A começar por Ellen’s Energy Adventure. Essa atração é chata, desatualizada e cada vez menos popular. E o pior: ocupa um espaço mais do que privilegiado, grande e estratégico no parque.

Depois podemos tratar do teatro Magic Eye onde era exibido o filme Capitan EO e foi substituído ano passado por uma seleção de curtas da Disney/Pixar em 3D. A troca foi uma enorme decepção para os fãs que quase não viram diferença no tal 3D utilizado e somando ao fato de que assistir a curtas num parque temático sendo que podemos ver em casa não parece uma boa ideia.

Foi cogitado que o local se tornaria um encontro com personagens do filme Guardiões da Galáxia da Marvel mas nada foi anunciado oficialmente.

Outros fortes candidatos para reformulação ou até substituição seriam: The Circle of Life, Living with the Land e Journey Into Imagination

 

Reabrir o pavilhão Wonders of Life?

Para quem visitou o parque na década de 80 e 90, o Wonders of Life era o máximo que o parque podia oferecer de entretenimento. Tinha simuladores, exposições e muito conhecimento por metro quadrado.

O local foi fechado sem mais explicações em 2007 e o enorme pavilhão continua intacto em Future World. Para quem não sabe, é a enorme cúpula dourada entre Mission SPACE e Ellen’s Energy.

Foi cogitado pelos fãs que a Disney estava preparando uma super reforma no pavilhão na época, mas quase 10 anos se passaram desde o fechamento e nem um única palavra foi dita a seu respeito.

Como o prédio ainda continua de pé, é muito esperado pelos fãs que a Disney volte a utilizar o espaço para uma futura atração ou reabrir o Wonders of Life só que atualizado e com novas atividades.

Vista área do pavilhão

 

Um novo show de fogos

Rumores como esse já circulam há anos dizendo que um novo show de fogos viria a substituir o atual Illuminaitons: Reflections of Earth que é exibido diariamente na World Showcase Lagoon. Afinal o show já está sendo exibido a quase 17 anos e sofreu poucas alterações durante sua história.

 

Com Magic Kingdom reformado, Toy Story e Star Wars em Hollywood Studios, Disney Springs completa e Avatar em Animal Kingdom, Epcot é o único parque que estaria faltando para a Disney finalizar o grandioso processo de reformas em Walt Disney World.

Quem sabe depois do Epcot reformado, não poderíamos pensar nos possíveis planos da Disney de trazer a Marvel para seus parques de Orlando ou até um quinto parque?

 

Atualmente é completamente inviável pensar em um quinto parque em Orlando ou qualquer outro pelo mundo. Com a construção bilionária em Disneyland Shangai, misturado as reformas acontecendo em Orlando e Califórnia tem sido um enorme CUSTO para a empresa. Para começar a pensar em qualquer coisa nova, é preciso que arrecadem mais e tenham um bom caixa para isso.

Seria meu sonho?

E você, o que espera do parque Epcot?